domingo, 14 de abril de 2013

Tic-tac

Tic-tac
Tic-tac

Passa o tempo
Passa o dia
Passa a hora
Passa o trem
Passa boi
Passa boiada
Passa a vida em disparada


Tic-tac
Tica-tac
Os ponteiros vão rodando
O sol está nascendo
O sol está se pondo

Toc-toc
Toc-toc
Na porta estão batendo
O meu cabelo vai caindo
A minha barba está sumindo

Passa o tempo
Passa o dia
Passa a hora
Passa o trem
Passa boi
Passa boiada
Passa a vida em disparada

Um comentário:

  1. Gostei do ritmo e da musicalidade que você deu ao poema.

    ResponderExcluir